Ciclic
Como economizar dinheiro e adicionar os valores à previdência

Kakeibo: conheça a técnica japonesa para guardar dinheiro!

Há mais de 100 anos, os japoneses estão registrando, analisando e otimizando os seus gastos

Se você digitar agora mesmo no Instagram #Kakeibo, você encontrará duas coisas: o livro “Kakeibo: The Japanese Art of Saving Money”, de Fumiko Chiba e uma espécie de diário. Ambos os resultados estão relacionados e podem ajudar a sua vida financeira.

Essa palavra tem origem japonesa e nada mais é do que o hábito de manter um diário financeiro, assim como muitos japoneses já fazem. A técnica já existe há mais de 100 anos, mas só agora com a publicação do livro ela ficou conhecida no Ocidente.

De forma resumida, a ideia dessa técnica é ajudar você a saber exatamente o quanto você ganha e o quanto você gasta, além de economizar o seu dinheiro para investir.

É algo simples e básico, que deveria fazer parte da nossa vida financeira, mas sabemos que na realidade não é bem assim, não é mesmo?!

Se falta de controle com seu dinheiro, gastos demais, dívidas, e ausência de investimentos fazem parte do seu dia a dia, conheça o Kakeibo e adote esse hábito imediatamente!

kakeibo

Como funciona?

O livro de Fumiko Chiba é, basicamente, um diário que já traz todas as tabelas, demarcações e tópicos a serem preenchidos. Você pode adquirir o livro e outros kakeibos em livrarias ou sites no Brasil, ou então, montar um exclusivamente para você.

O primeiro passo para implementar a técnica é feito no início do mês – ou no dia em que você recebe o seu salário.

Nessa data, você olha para o seu salário e planeja como irá gastar o dinheiro, da seguinte forma:

– Divida as suas responsabilidades financeiras do mês em categorias, como aluguel, água, luz, internet, telefonia, alimentação, estudos, transporte, lazer, viagem, dívidas, etc.

– Para cada categoria, atribua uma quantia. Isso é muito mais fácil de fazer para as contas fixas. Para as categorias que não são fixas, reflita sobre o quanto você gastou no mês anterior. Foi o suficiente? Poderia ter sido menos? Feito isso, estipule esses valores.

– A partir desse cálculo, tudo o que sobrou torna-se investimento. É esse dinheiro que você vai aplicar na sua previdência privada, por exemplo. Destine esse valor o mais rápido possível para evitar tentações.

O próximo passo agora é cuidar diariamente do seu dinheiro, anotando os gastos do dia em cada categoria que você estabeleceu antes. No final de cada semana, é preciso parar e pensar no quanto você já gastou, no quanto será dispensável na próxima semana e no quanto você poderá economizar.  Uma vez esgotado o valor que você separou para cada categoria, você não poderá mais gastar com ela.

Sendo assim, se na primeira semana você gastou metade do valor com “alimentação”, para as próximas semanas, planeje-se para cozinhar mais em casa ou fazer compras na feira, por exemplo. Quando o próximo mês começar, você deve repetir esse processo, sempre considerando o aprendizado do mês anterior e fazendo as mudanças que forem necessárias.

Quando chegar ao final do ano, é preciso fazer um balanço anual, no qual você terá que analisar as despesas dos últimos 12 meses por categorias, verificar as dificuldades e as soluções, pensar em que poderia ter sido diferente e como melhorar no próximo ano.

Com um pouco de prática, você poderá prever seus gastos com cada categoria, minimizar suas despesas e ter muito mais dinheiro para investir.

>> Confira também – Investir na previdência: VGBL é um bom negócio. Entenda o porquê.

O segredo dos japoneses

Como você pode perceber, o espírito dessa técnica é ser consciente, pensar no futuro, aprender e ser persistente. Porém, os japoneses têm um segredo muito útil para que ela de fato funcione.

Ao contrário dos ocidentais, no Japão, o uso do dinheiro em papel ainda é muito forte. E isso ajuda, e muito, a praticar o KakeiboAlguns japoneses, inclusive, utilizam envelopes para guardar o dinheiro destinado a cada categoria do mês.

Se o dinheiro acaba, eles precisam pensar em alternativas se custos para sobreviver. Para emergências ou imprevistos, basta resgatar uma parcela de um dos seus investimentos. Inclusive, para essa técnica dar certo, o ideal é abolir o cartão de crédito da sua vida.

kakeibo cartões de crédito

>> Veja mais – 05 erros comuns no uso do cartão de crédito.

Kakeibo é eficiente

O Kakeibo é uma maneira eficiente de realizar um controle dos seus gastos. Mas, para isso você vai precisar de muita disciplina. Não dá para burlar nada, não dá para “esquecer” de anotar nenhum gasto que você venha a ter.

E por que no mundo da tecnologia anotar em um papel ou fazer uma agenda de gastos? Tudo bem, você pode tentar outra alternativa como as planilhas… mas, no fim das contas, nem sempre vai ter ela ali na hora para anotar um gasto. Se qualquer item for esquecido o Kakeibo vai deixar de ser eficiente.

Registrar, analisar e otimizar o seu orçamento é uma forma simples e eficiente de viver a vida, e, ainda realizar os seus sonhos e ter um futuro muito mais confortável e livre de preocupações com o dinheiro.

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos