Ciclic

Décimo terceiro antecipado: Qual o melhor destino para esse dinheiro?

A antecipação precisa ser gasta com sabedoria, pois no final do ano você receberá menos dinheiro

Todo mundo gostaria de ter um dinheiro a mais na conta, e isso é possível com o décimo terceiro antecipado. No entanto, nada de sair gastando tudo! É preciso de responsabilidade para lidar com a grana extra.

O 13º é um direito dos trabalhadores formais, dividido em duas parcelas. A primeira delas deve ser para até o mês de novembro, e a segunda, até 20 de dezembro. Tradicionalmente ele é pago próximo ao fim do ano para ajudar com as despesas do Natal e de início de ano.

Em alguns casos, os empregadores adiantam a primeira parcela para os seus funcionários, pois não existe uma obrigatoriedade da data a ser pago, desde que seja até 30 de novembro.

Isso não é muito comum de ocorrer, mas muita gente já está recebendo esse dinheiro extra. Funcionários públicos, trabalhadores de bancos e pensionistas são as classes que podem já ter recebido uma parte do décimo terceiro antecipado neste ano.

Além disso, quem vai sair de férias tem a opção de solicitar a antecipação do 13º. Você deve fazer isso no mês de agosto por meio de um pedido formal indicando o mês que você gostaria de receber o benefício.

Algumas convenções coletivas permitem realizar o pedido em qualquer época do ano a partir de janeiro. Nesse caso, fica a critério do empregador decidir se paga ou não esse valor. O ideal é fazer a solicitação com antecedência para que ela tenha mais chances de ser aceita.

Quem já recebeu a primeira parcela adiantada não tem direito a parcela que deve ser paga até novembro, mas ainda recebe a segunda parcela no mês de dezembro. Reajuste salarial ou promoção após o recebimento da primeira parcela adiantada são ajustados de forma proporcional.

Se você conseguiu o adiantamento, é preciso pensar com cuidado em como utilizar esse dinheiro. Você pode ficar tentado a sair gastando tudo de uma vez e, no fim do ano, acabar zerado! Por isso, vamos descobrir as melhores formas de destinar esse dinheiro:

décimo terceiro antecipado

Aplicar na sua previdência privada

O destino ideal para o décimo terceiro antecipado é a aplicação no seu plano de previdência privada. Ele pode ser usado para inaugurar a sua previdência ou para dar um gás aos valores acumulados e consequentemente no rendimento.

A opção é ainda mais interessante se você está realizando uma aplicação de médio prazo e deseja tornar o seu sonho uma realidade o mais rápido possível.

Quem está poupando para a aposentadoria também vai se beneficiar, principalmente se inaugurar o hábito de depositar o décimo terceiro antecipadamente todos os anos.

Veja também – Kakeibo: conheça a técnica japonesa para guardar dinheiro.

Quitar dívidas

Se você tem dívidas que estão pesando no orçamento do mês e que podem ser cobertas pela antecipação do 13º, use-o para quitá-las.

As dívidas que mais acumulam juros são aquelas do cartão de crédito e do cheque especial. Se você tiver o valor à vista para quitar, será possível conseguir uma boa negociação com banco e eliminar a dívida de uma vez.

Ainda assim, a recomendação é para que você não gaste tudo com as dívidas e, se possível, guarde ao menos 10% da antecipação para investir na sua previdência.

Não deixe de conferir – Vai viajar? 08 dicas espertar para economizar dinheiro.

Fazer uma viagem

Especialmente para quem vai receber o 13º junto com as férias, usar o dinheiro para viajar é a escolha óbvia a ser feita.

O dinheiro pode ser gasto de duas formas: na própria viagem, seja para fechar os últimos detalhes ou para pagar pelas despesas em seu destino; ou como uma reserva para o momento que você retornar – já que, no mês seguinte, você receberá apenas o salário proporcional aos dias trabalhados.

Nesse caso, a dica também é reservar pelo menos 10% do que você recebeu para aplicar no seu plano de previdência privada e deixar o seu futuro em dia.

décimo terceiro antecipado

Veja também – Economia doméstica: 05 armadilhas que te impedem de gastar dinheiro.

Fuja dos adiantamentos dos bancos!

Existe uma outra forma de antecipar o 13º: com um empréstimo bancário.

As principais instituições financeiras do país oferecem uma linha de crédito especial aos interessados em obter esse dinheiro. Alguns bancos emprestam 100% do valor que será recebido, podendo chegar a R$ 50 mil!

Essa é uma das linhas de crédito mais baratas disponíveis, pois os bancos entendem que será mais fácil você devolver o valor quando receber o benefício no fim do ano. Os juros mensais mínimos variam entre 1,99% a 3,19%.

Embora pareça uma oportunidade tentadora, ela não é interessante para o seu bolso.

Se não houver outra opção no momento e você precisar pegar o empréstimo, negocie juros, prazos e valores. Na hora de pagar, lembre-se de considerar, ainda, o Custo Efetivo Total (CET), que inclui juros, encargos financeiros e mais taxas.

Agora que você já sabe o que fazer com a sua antecipação, use-a com sabedoria e não deixe de aplicar no seu plano de previdência privada para antecipar também os seus sonhos!

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos