Ciclic
crescimento-financeiro

Como guardar dinheiro sem ficar apertado e conseguir bons resultados?

Nós sabemos que guardar dinheiro é algo que todos deveriam fazer, mas como conseguir juntar boas economias sem ficar com o orçamento apertado no final do mês?

Você, provavelmente, já ouviu aquele ditado popular, que até se transformou em música: dinheiro na mão é vendaval. Esse conceito não poderia estar mais correto, já que ganhar dinheiro demora, mas apenas alguns minutos são suficientes para gastá-lo.

Um dos principais motivos pelos quais as pessoas não guardam dinheiro é a constatação de que isso vai prejudicar seu orçamento mensal, que já é apertado mesmo sem ter dinheiro guardado. Essa, realmente, não é das tarefas mais fáceis, mas também está longe de ser impossível.

É possível estabelecer uma rotina e guardar uma quantia bacana todo mês, o que vai garantir um futuro mais tranquilo. Um produto excelente para esse tipo de investimento é a previdência privada, que atua de forma complementar à previdência social e pode te dar uma aposentadoria mais confortável ou até mesmo para objetivos, como abrir o próprio negócio ou comprar a casa própria.

Você quer saber como guardar dinheiro para o futuro sem interferir no presente? Então confira as melhores dicas e consiga equilibrar seu orçamento!

 

Dicas infalíveis para guardar dinheiro sem prejudicar o orçamento

Você pode achar essas dicas um pouco estranhas e até mesmo fora do assunto, mas cada um desses detalhes pode ajudar muito. Basta organizar as finanças que tudo dará certo.


Cuidado com os gastos com a alimentação

Sabe aquelas comprinhas que nós fazemos quase todos os dias, como o café da manhã na padaria, o almoço no restaurante e o salgado no lanche da tarde? Então, elas podem estar acabando com o seu orçamento.

Você pode pensar: “nossa, mas é tão barato, como isso pode me prejudicar?”. É exatamente aí que mora o perigo, porque esses gastos não são feitos apenas uma vez.

Por exemplo: se você gasta R$ 5 no café da manhã, R$ 20 no almoço e R$ 6 no lanche da tarde, já são R$ 31. Esse valor, multiplicado por 22, que é a média de dias úteis do mês, já dá R$ 682, e os valores de cada refeição não estão tão altos assim.

Some a isso aquele happy hour de sexta e a pizza de sábado e pronto: você pode gastar quase R$ 1.000 por mês só com isso!

 

gastos-com-alimentacao

 

Mas calma, nós não estamos falando que você não pode se alimentar, é claro. Afinal de contas, isso é essencial para que você passe o dia bem disposto. Porém, sempre existem oportunidades para economizar.

Algumas empresas não possuem refeitórios para levar marmita, então você é obrigado a comer em um restaurante. Mas, o café da manhã e o café da tarde podem ser trazidos de casa, como sanduíches e frutas, por exemplo.

Se você gastar R$ 6 para montar o sanduíche e comprar as frutas, tanto para o café da manhã quanto para o da tarde, já são R$ 5 de economia ao não comer fora. Multiplicado pelo mês inteiro, são R$ 110, que você pode guardar na previdência privada. Essa é uma ótima forma de guardar dinheiro.

 

Escolha lojas e restaurantes mais baratos

Sabe aquele chocolate que você tanto gosta e compra um todo dia na lojinha ao lado do serviço, que custa R$ 6? Então, o mesmo chocolate pode custar R$ 4 do outro lado da rua ou em uma loja um pouquinho mais longe.

A mesma coisa acontece com o restaurante: você pode ter uma opção por R$ 20 e outra por R$ 17, com uma comida tão gostosa e farta quanto no lugar que você está acostumado.

Essas duas economias diárias, somadas, já totalizam R$ 5. No mês, são mais R$ 110, que também podem ir direto para a sua previdência complementar.

 

Pesquise lojas na internet

O ser humano é muito movido pelo impulso. Se você passar na frente de uma loja, ficar encantado com um tênis e comprá-lo na hora, não terá condições de guardar dinheiro de uma forma saudável e sustentável.

Também não estamos falando para você deixar de comprar tudo o que quiser, pois nada mais justo do que comprar aquilo que gosta com seu dinheiro ganho a duras penas. Mas existe uma alternativa que pode ajudar bastante, que são as lojas virtuais.

Faça você mesmo a comparação: procure algum produto em uma loja física e depois procure o mesmo produto na internet. Provavelmente, a segunda opção será a mais barata.

 

casal-compara-preco-compra-online

 

Se você precisa comprar uma roupa ou um sapato para uma ocasião especial, então não há muito como fugir das lojas físicas. Porém, se for algo que pode esperar um pouco, como um novo celular ou computador, não hesite em pesquisar na internet.

Os preços geralmente são mais baixos porque não é necessário ter a mesma estrutura de uma loja, que conta com vendedores, estoquistas e uma equipe bem maior de profissionais, que recebem salário e comissão. Tudo isso encarece o produto.

A economia pode ser de pelo menos 10%, embora possa chegar a muito mais do que isso, principalmente com cupons de desconto e condições especiais. Aí está: mais uma grana para guardar para o futuro.

 

É possível economizar: basta querer e fazer alguns esforços

Essas foram apenas algumas dicas de como guardar dinheiro que podem te ajudar bastante em seu orçamento. Apenas nos três exemplos acima, foi possível economizar pelo menos R$ 220 por mês, além dos custos dos produtos pela Internet, que podem variar.

Essas são boas formas de poupar dinheiro sem mudar quase nada em sua rotina de vida. No começo pode ser um pouco mais difícil, mas é só você se condicionar que conseguirá guardar uma boa grana sem sentir praticamente nenhuma diferença.

Agora que você já sabe como guardar dinheiro, basta escolher um plano de previdência privada que melhor se adeque ao que você quer e guardar esses valores para seu futuro. Com certeza, esses esforços valerão muito a pena!

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos