Ciclic

Aposentadoria é coisa séria: 7 conselhos que você, aos 70, daria para você aos 25

Começar a poupar desde cedo é a melhor maneira de garantir um pouco mais de tranquilidade quando a aposentadoria chegar

Se você pudesse voltar no tempo, quais conselhos que você mais velho daria para você mais jovem? Entre as muitas coisas que passamos na vida, muitas vezes as escolhas que fazemos se mostram erradas – e do erro nasce o aprendizado.

No entanto, certos erros não precisam ser cometidos, especialmente se eles não trazem benefício nenhum. Um dos erros recorrentes quando se trata de observar o passado é a sensação de que a escolha feita com relação aos investimentos não foi a melhor.

Muitos passam a vida reclamando que não conseguem poupar, mas não tomam uma atitude definitiva para guardar dinheiro, nem que seja um valor baixo, todos os meses. Há ainda quem vá adiando decisões importantes e quando vê o tempo passou e já não é mais possível voltar atrás.

É por essa razão que um pessoa de 70 anos, no alto da sua experiência, pode e deve dar conselhos para alguém de 25 anos. Você não precisa passar pela vida inteira sem tomar as decisões corretas para chegar na hora de se aposentar e ter uma decepção.

Nesse artigo, listamos sete conselhos que você aos 70 anos daria para você aos 25. Note que todos eles têm uma premissa em comum: quanto antes você começar, maiores serão as suas chances de tomar as melhores decisões. Por isso, é hora de observar com carinho cada uma dessas dicas.

 

previdência privada casal de idosos

1 – Comece a poupar desde cedo

Entre todos os conselhos que os mais jovens deveriam ouvir, esse é sem sombra de dúvidas o mais importante. Quando temos pouca idade parece muito distante poupar um dinheiro para ser utilizado daqui uma longa data.

No entanto, aqueles que começam a poupar antes podem guardar valores menores todos os meses e ainda assim atingirem quantias altas quando chegar a hora de se aposentar. Por isso, não espere nem mais um segundo: comece hoje mesmo a economizar dinheiro.

2 – Não conte apenas com a previdência pública

As regras da aposentadoria estão sempre mudando e com a Reforma da Previdência no horizonte não é possível saber quais serão as regras vigentes na hora de se aposentar. É por essa razão que você precisa ter uma garantia extra.

Nesse caso, os planos de previdência privada são a melhor alternativa. Também conhecidos como previdência complementar, eles servem para dar mais segurança aos investidores, pois as regras do jogo não vão mudar no meio do caminho.

3 – Fuja das dicas prontas

Todo mundo tem um amigo que faz investimentos e sempre está disposto a dar “conselhos” sobre o que você deve fazer com o seu dinheiro. No entanto, quando se trata de finanças, o que é um bom investimento para uns pode não ser um bom negócio para outros.

No caso de uma análise de investimentos, deve ser levado em consideração as suas características como investidor. Itens como período de depósitos e valores mensais com os quais você está disposto a arcar são importantes nessas horas.

4 – Faça um plano de previdência privada

A previdência privada é a única garantia que você tem que, quando chegar a hora de se aposentar, o dinheiro necessário estará disponível em sua conta. Já mencionamos os problemas pelos quais a previdência pública passa – com um número de beneficiários cada vez maior.

O conselho principal, portanto, é procurar desde cedo um plano de previdência privada para fazer um planejamento de médio e longo prazo. Somente assim você poderá ter a certeza absoluta de que o caminho que traçou para si é possível de ser percorrido – sem surpresas desagradáveis.

5 – Aprenda sobre investimentos

Muito do que deixamos de fazer quando se trata de investimentos diz respeito ao desconhecimento: como não sabemos detalhes de como funciona esse mundo, deixamos as melhores opções de lado para apostar nas mais convencionais – e que nem sempre são as mais atrativas.

É o caso da previdência privada, por exemplo. Muitos a associam apenas a aposentadoria, mas você pode ir muito além poupando o seu dinheiro usando esse mecanismo. Dá para alcançar todas as suas metas com muita tranquilidade – e esse simulador de sonhos da Ciclic é a maior prova disso.

 

Faça sua simulação

 

6 – O que você planeja é possível

Quando somos mais jovens, é natural que certas metas pareçam distantes demais da nossa realidade. Chegar ao primeiro milhão, por exemplo, pode parecer “coisa para poucos” quando se tem 20 anos. No entanto, são os que começam cedo e acreditam os que conseguem chegar lá.

Adote o hábito de fazer um planejamento financeiro desde cedo. Tenha uma planilha para adotar todas as suas receitas e despesas e dê prioridade aos investimentos. Não deixe para poupar apenas quando chegar o final do mês, pois dessa forma nunca vai sobrar nada.

aposentadoria previdência privada

Veja também: Restituição do imposto de renda – O que fazer com o dinheiro?

7 – Não tenha medo

Muitas pessoas passam a vida inteira com receio de apostar o seu dinheiro em soluções com rentabilidade mais atrativa e, por essa razão, a poupança continua sendo a forma de investimento preferida para muitos.

Podemos dizer que investir em poupança é melhor do que nada, mas ela está longe de ser uma alternativa de boa rentabilidade. Diferente do que muitos imaginam, há outras formas de investimento que não incidem risco para o poupador, mas elas costumam ser menos simples.

Perca o medo e converse hoje mesmo com um especialista da Ciclic para entender de que maneira você pode colocar o seu dinheiro para render mais.

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos