Ciclic

14 formas de NÃO juntar dinheiro até os 35 anos!

Entrevistamos pessoas de 18 a 35 anos que não se preocupam com o futuro financeiro e descobrimos hábitos que sabotam as economias. Será que você faz parte desse grupo?

A cada cem brasileiros, somente quatro poupam algum valor para o futuro. O mais alarmante é que nesse perfil de quem não guarda um centavo há muita gente de alta renda. Levantado a partir de um estudo do Banco Mundial, esse índice é um dos piores do planeta.

Entre os jovens brasileiros, palavras como aposentadoria, poupança, investimento e reserva de emergência soam como realidades muito distantes, com as quais eles ainda não se preocupam.

Não é preciso ser um gênio da matemática para perceber que, quanto antes se começa a juntar dinheiro, melhor. Mas muitos ignoram isso e simplesmente gastam como se não houvesse amanhã.

casal olhando a vitrine da loja e fazendo compras

Para entender quais comportamentos são decisivos na hora de formar (ou não) uma poupança, entrevistamos pessoas de 18 a 35 anos que são extremamente regradas com suas finanças e outras que vivem endividadas.

A seguir, as 14 maneiras de NÃO juntar dinheiro até os 35 anos. Será que você está nesse caminho?

  1. Seja imediatista: compre tudo o que quiser, na hora que quiser

Quase como uma criança mimada: viu algo na vitrine que te agradou? Entre na loja e compre na mesma hora. Nunca passe vontade e supra seus prazeres imediatos.

  1. Acredite que dinheiro dá em árvore.

Quem nunca ouviu esse ditado popular? Acredite nisso e continue gastando dinheiro sem valorizar o esforço do seu trabalho.  

  1. Troque o carro com frequência.

Escolha sempre modelos zero quilômetro, comprados em concessionárias. Assim que você pegar a chave, o carro terá desvalorizado em cerca de 10%. Uma excelente forma de jogar dinheiro fora.

  1. Vá a restaurantes caros e nunca cozinhe em casa.

Cozinhar dá preguiça e você gosta de comer bem, certo? Então, frequente os melhores restaurantes semanalmente. Nunca abra mão do couvert, da sobremesa, cafezinho e, claro, de um bom vinho.

  1. Gaste R$ 5 aqui, mais R$ 10 ali…

Todo dia um lanchinho, um pão de queijo, um docinho após o almoço, uma coisinha que você viu em promoção. De gastinho em gastinho, diariamente, você vê seu dinheiro sumir.  

  1. Alugue um apartamento acima do seu padrão de vida.

Gaste bastante dinheiro em um aluguel de luxo de um imóvel enorme, em um bairro bem caro, com condomínio alto, só para dizer aos amigos e familiares que você mora bem.

  1. Compre um imóvel que você não tem condições de pagar.

Dê todas as suas reservas na entrada de uma casa e financie o restante em 30 anos, pagando os altos juros do financiamento todos os meses, sem deixar sobrar nada do seu salário para viver ou investir.

  1. Viaje sempre, várias vezes ao ano.

Final de semana? Praia! Próximo final de semana? Campo! Feriado? Praia de novo! Férias? Um mês em Paris! Tudo em hotel 5 estrelas. Compre o primeiro pacote que aparecer e simplesmente vá parcelando, sem se preocupar. Afinal de contas, só se vive uma vez.

  1. Mantenha o closet renovado e siga tendências de moda.

Ter um guarda-roupas que siga todas as últimas tendências de moda é realmente uma prioridade – por mais que não caiba mais nada na sua gaveta! Então, sempre é o momento de comprar mais uma calça jeans, sapato, camiseta…

  1. Vá a todos os rolês, barzinhos, shows, churras e festas que surgirem.

É isso aí: nunca diga não. Nada de recusar convites. Sempre siga a turma, mesmo que você não esteja com vontade. E lembre-se de gastar bastante em cada uma dessas saídas, que devem ser toda sexta, sábado e domingo.

Está com dúvidas? Não deixe de ver: Plataforma de investimentos: o que fazemos?

  1. Dê presentes caros.

Todos os parentes e amigos vão te amar se você caprichar nos presentes de aniversário, Natal, Páscoa, Dia das Mães, Pais, Crianças. Compre, compre, compre. Ah, e nada de lembrancinhas! Estamos falando de PRESENTES.

casal fazendo compras online com cartão de crédito

  1. Faça uma festa de casamento em grande estilo.

O “grande dia” tem de ser inesquecível, custe o que custar. O céu é o limite, e você não conseguiria viver sem dar uma festança para 300 pessoas. Mesmo que vá à falência depois.

Não perca tempo e entenda todo os detalhes que envolvem a Previdência privada.

  1. Nunca pesquise preços.

Comparar valores dá um trabalho… Melhor comprar no impulso ou escolher sempre as marcas mais caras. Afinal, se é caro, deve ser bom.

  1. Gaste mais do que você ganha.

Sempre que tiver um dinheiro na sua carteira, gaste. Recebeu o pagamento e a conta está positiva? Comemore comprando algo. O que não pode é ver o dinheiro ali, à disposição. Como diz a dica 2, dinheiro dá em árvore. Só que não. 

Agora que você já sabe o que não fazer, veja: dez hábitos que realmente funcionam para guardar dinheiro!

E você, faz alguma coisa dessa lista? Vai mudar seus hábitos para juntar dinheiro? Conte para nós nos comentários!

 

Faça sua simulação agora!

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos