Ciclic

Investir dinheiro: conheça as 5 formas mais seguras!

Existem formas de investir dinheiro que se adaptam ao cenário econômico, ao seu bolso e às suas necessidades

A linguagem das finanças pode ser um pouco assustadora, mas não é preciso ser um especialista em economia para saber as formas de investir dinheiro. Poupar e aplicar é bem menos complicado do que parece!

O primeiro passo para começar a investir é definir qual será o objetivo do seu investimento.

Aquela aplicação incrível que o seu amigo faz pode não funcionar tão bem para você, já que as pessoas têm prioridades e recursos diferentes para aplicar.

Felizmente, existem muitas formas de investir e para saber qual é a melhor opção para o seu caso, é preciso se perguntar:

Quanto você quer investir?

Alguns tipos de investimento exigem uma taxa mínima de aplicação, então é necessário saber quanto dinheiro você tem disponível para isso.

Para que você quer investir?

Tenha em mente um objetivo ao aplicar seu dinheiro e avalie em qual prazo ele se encaixa. Você quer comprar uma TV nova ano que vem, um carro em 5 anos ou um apartamento daqui 10 anos?

formas de investir dinheiro

E em quanto tempo você quer o retorno?

Investimentos podem render a curto, médio e longo prazo. Saber seu objetivo no início ajudará no processo de escolha.

Além disso, você também precisará levar em conta a liquidez de cada aplicação. Isto é, quanto tempo você vai precisa esperar até poder sacar o dinheiro investido.

Com essas perguntas respondidas, fica mais fácil entender as formas de investir e escolher a melhor para você. Conheça algumas formas de investir dinheiro:

Previdência privada

Previdência, de acordo com o dicionário, significa prever o futuro. A previdência privada é, portanto, um investimento para aqueles que miram no futuro. No entanto, ao contrário do que muitos pensam, ela não está relacionada somente com a aposentadoria.

A previdência serve, simplesmente, para a realização de um plano futuro, seja ele uma viagem, a compra da casa própria ou o financiamento estudantil.

Esse investimento normalmente é adotado por quem pensa a médio e longo prazo, mas na verdade é possível sacar a quantia investida a qualquer momento.

A previdência privada não exige uma quantia mínima para investimento, por isso é uma boa opção para aqueles que estão começando a poupar aos poucos, já que o investidor pode aplicar mais dinheiro conforme a sua disponibilidade financeira.

Veja também – Como investir na previdência privada? 05 mitos que todo mundo acredita!

Ações

Ação é a parte de uma empresa disponível para compra no mercado. O seu preço varia de acordo com o posicionamento da empresa no mercado.

Para investir no mercado de ações, você pode escolher uma instituição financeira, um banco ou uma corretora que tenha ações da empresa que você deseja investir. Existem alguns bancos, por exemplo, que só oferecem ações próprias.

Para iniciar nesse universo, é preciso fazer uma pesquisa de mercado, escolher onde você quer investir e procurar o caminho para realizar esse investimento.

Embora o investimento em ações esteja mais sujeito a riscos (já que o valor da ação varia de acordo com o mercado e com o desempenho da empresa), ainda assim ele é uma boa opção para quem entende um pouco do mercado no qual a empresa atua e deseja lucro rápido.

CBD

O CDB – certificado de depósito bancário – é uma maneira de bancos captarem recursos para empréstimo. Ou seja, ao investir no CDB, você empresta dinheiro para que o banco possa emprestar para outra pessoa com juros. Assim, banco e investidor saem ganhando.

O pré-requisito para investir no CDB é ter uma conta bancária. Além disso, a quantia mínima é determinada pelos bancos, que definem valores e taxas de acordo com prazo e faixas de rendimento.

Existem CDBs pré-fixados (quando você sabe exatamente a quantia que irá receber ao final do investimento) e pós-fixados, com lucros que variam de acordo com a inflação. Existe também uma modalidade híbrida, na qual parte do lucro é fixa e parte varia.

Eles oferecem segurança aos investidores por conta das suas regras de funcionamento. O investidor só não receberá seu dinheiro de volta se a instituição financeira quebrar. Mesmo assim, existe um reembolso de até R$250.000, então essa preocupação só deve existir para aplicações de valor maior.

Tesouro SELIC

O Tesouro SELIC, também chamado de LTF, é um tipo de empréstimo feito pelo investidor ao governo, que devolverá a quantia ajustada de acordo com a taxa básica de juros (SELIC).  

O Tesouro SELIC é um tipo de título público e cada um deles tem uma data de vencimento, ou seja, quando o dinheiro será devolvido com juros para a sua conta.

Para investir no Tesouro SELIC, é necessário escolher uma instituição financeira, como bancos e corretoras de valores. O valor mínimo para investir nos títulos públicos é acessível: são apenas R$30 para começar.

O Tesouro SELIC também é uma das formas de investir dinheiro bastante seguro. Só haverá desvantagem se o prazo de pagamento do dinheiro não for verificado na hora do investimento. Lembre-se de alinhar seu objetivo ao curto, médio ou longo prazo e investir de acordo com isso.

formas de investir dinheiro

Não deixe de ver – Com quantos anos preciso começar a economizar?

Fundos de investimento

Os fundos de investimento são coordenados por instituições financeiras que aplicam o dinheiro de investidores. Cada fundo opera de acordo com regras próprias e, por isso, é necessário fazer pesquisas para encontrar o mais adequado.

No caso dos fundos de investimento, a quantia investida varia de acordo com as regras definidas pela instituição.

Esse investimento tem riscos variáveis, a depender das regras seguidas por cada um, mas pode sim ser uma aplicação de baixo risco.

Não há uma verdade definitiva sobre o tipo de investimento ideal. É necessário levar em conta três perguntas-chave e as informações acima para escolher muito bem como fazer investimentos. Consulte as condições oferecidas pela Ciclic para que o seu dinheiro seja bem aplicado.

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos