Ciclic
Documentos para tirar passaporte

Documentos para tirar passaporte

Ter o passaporte em dia é importante para todos, mesmo aqueles que não possuem uma viagem internacional programada, visto que oportunidades aparecem e não se pode deixá-las passar em branco.

Mesmo que alguns destinos nem mesmo exijam a apresentação do passaporte, em grande parte dos países internacionais, o documento em dia é obrigatório para sua entrada.

Com isso, a emissão do documento é fundamental, mas, para muitos, ainda é um processo longo e cansativo. Porém, com o passar dos anos, o sistema se modernizou e hoje grande parte do processo é feita totalmente online, sem nem mesmo ter que sair de casa.

Quais são os documentos para tirar passaporte

Mesmo com o processo online, há uma série de documentos exigidos para a emissão do seu passaporte.

Documento de identidade

Para retirar seu passaporte na Polícia Federal, será necessário apresentar um documento de identidade, podendo ser seu RG (cédula de identidade), seu antigo passaporte ou até mesmo sua carteira de motorista, emitida pelo Detran — nesta alternativa, a apresentação de comprovante do local de nascimento é exigida.

Ambos os documentos devem contar com fotos recentes e, no máximo, dez anos de emissão. Caso apresentem mau estado de conservação, podem ser negados.

Título de eleitor

O título de eleitor não é considerado uma obrigatoriedade, porém pode ser pedido juntamente aos comprovantes de votação da última eleição, caso seja verificado que você se encontra em situação eleitoral pendente.

Caso você não tenha guardado os certificados, não se assuste. Você os encontra facilmente no site do TSE — basta imprimi-los e apresentá-los.

Certificado de naturalização

Para os brasileiros naturalizados, se faz necessária a apresentação de um certificado de naturalização, ou um documento de identidade que informe o local da portaria ministerial de naturalização.

Documento de quitação com o serviço militar

Exclusivamente para os homens maiores de 18 anos, o documento que comprova a quitação com o serviço militar é obrigatório para retirar o passaporte, sendo exigido desde 1 de janeiro do ano em que o jovem completa 19 anos até o dia 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos.

CPF

Na maior parte dos casos, o CPF se encontra anexo ao RG do indivíduo, porém, em alguns casos, isso não ocorre. Nesses casos, o documento contendo o número do seu CPF deve ser entregue para a Polícia Federal.

Comprovante do GRU

Não é considerado um documento, porém tem como obrigatória sua apresentação para a emissão do passaporte. O comprovante do GRU (Guia de Recolhimento da União) é apenas um certificado de que você pagou a taxa inicial exigida antes do agendamento.

Agendamento eletrônico

Após a união de todos os documentos necessários, o agendamento eletrônico deve ser feito no site da Polícia Federal. Nessa fase, basta preencher seus dados e documentos — tudo é feito de maneira bem simples.

Assim que você finalizar o agendamento, será emitido um boleto para pagamento do GRU (Guia de Recolhimento da União). O pagamento deve ser efetuado para que o comprovante esteja em mãos durante a visita à Polícia Federal.

Atendimento no posto da Polícia Federal

Conforme o dia agendado, se apresente no posto da Polícia Federal com, ao menos, 30 minutos de antecedência, visto que o agente é bem pontual. Apresente todos os documentos necessários e, então, será tirada uma foto 3×4 — sua digital e assinatura também serão solicitadas.

Depois disso, você receberá um papel informando o dia previsto para a retirada de seu documento, no mesmo posto já visitado.

Retirada do passaporte

Conforme o papel entregue pelo agente, seu passaporte estará pronto no dia previsto, no mesmo posto.

O documento pode apenas ser retirado pessoalmente e pelo titular.

Outros documentos importantes para viagens internacionais

Além do passaporte, há uma série de outros documentos que tornam sua viagem mais tranquila e sem preocupações, visto que muitos também se tornaram obrigatórios para a entrada em certos países.

Visto

Para visitar países presentes no Mercosul, o visto não é exigido — apenas um documento com foto. Porém, em viagens para os EUA, um visto será exigido, variando suas especificações de acordo com o país de entrada.

Passagem de volta

Em muitos países, a apresentação de uma passagem de volta pode ser obrigatória. Trata-se de um protocolo que visa impedir a entrada de turistas que pretendem passar o limite de estadia para o turismo, se tornando imigrantes ilegais.

Comprovante de hospedagem

Adotando o mesmo padrão de evitar visitantes ilegais, certos países também exigem comprovantes de hospedagem, para que o agente se certifique mais profundamente de suas intenções no país.

Na maior parte dos casos de imprevisto, um cancelamento pode ser efetuado, evitando prejuízos com a perda das reservas.

Comprovante de capacidade financeira

Além dos comprovantes de volta e hospedagem, em alguns países, pode ser exigido um comprovante de capacidade financeira. De maneira mais breve, ele comprova sua capacidade financeira para se sustentar durante sua estadia, evitando a presença de visitantes que pretendem permanecer no país em busca de emprego.

Para essa prova, saldos disponíveis em conta corrente, extratos de cartão de crédito e cartões pré-pagos servem como certificado para os países que solicitam.

Seguro viagem

Em muitos lugares, um seguro viagem é solicitado, como, por exemplo, para entrar em países que fazem parte do Tratado de Schengen, na Europa.

Com a Ciclic, você encontra um seguro viagem personalizado para viagens à Europa, com total cobertura e atendimento 100% online onde quer que você esteja, visando sempre sua segurança e seu bem-estar durante a viagem.

Na Ciclic, a cobertura abrange extravio de suas bagagens, serviços médicos e odontológicos, atrasos em voos internacionais e muito mais.

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos