Blog Ciclic: Dicas e informações sobre seguros e serviços

Confira tudo sobre gatos!

Se você tem um como companheiro ou pensa em adotar, este artigo foi feito para você!

Existe uma série de cuidados especiais com esses felinos, mas para colocá-los em prática, é preciso se atentar aos mitos e verdades sobre esses pets e procurar saber tudo sobre gatos. Se você tem um como companheiro ou pensa em adotar, este artigo foi feito para você!

Ao longo da matéria, você vai descobrir diversas informações sobre gatos e, dentre elas, as raças mais conhecidas, qual o melhor nome para dar ao seu gatinho, alguns cuidados específicos com esses felinos e tudo sobre gatos filhotes. Continue a leitura!

Saiba tudo sobre gatos. | Foto: Unsplash.

Quais as raças de gatos?

Entender tudo sobre gatos também é saber que existem diversas raças desses felinos espalhadas pelo mundo. Aqui, citaremos as principais e mais conhecidas:

Angorá

Os Angorás são uma raça muito antiga, proveniente da Turquia. De pelos longos e sedosos, é comum que tenham cores variadas também, mas os gatos mais puros são os brancos com heterocromia nos olhos (um de cada cor). 

Essa também é uma das raças mais inteligentes, que aprende a obedecer diversos comandos de seus tutores, mas que gosta de conviver com uma ou duas pessoas no máximo, pois prefere a paz e a tranquilidade de um ambiente familiar, sem agitações. 

E por mais que não gostem de ser tocados com frequência, os gatinhos dessa raça são carinhosos e adoram subir nos lugares mais altos da casa para admirar a paisagem.

Gato Angorá. Saiba tudo sobre gatos. | Foto: Unsplash.

Persa

Essa é uma das raças de gatos peludos mais conhecidas no mundo. De porte médio, seu peso pode chegar até 6 kg. E como o nome indica, a origem desses felinos é na antiga Pérsia (atual Irã).

O Persa possui pelos extremamente longos e com uma enorme variedade de cores sólidas ou malhadas. Sua aparência é marcada, além dos pelos longos, por uma cauda peluda curta e cara achatada. Com um humor um tanto peculiar, esses gatinhos são muito inteligentes, tímidos e preguiçosos.

Somali

O gato Somali é parecido com o Abissínio, mas seu pelo é quase longo, com uma textura mais densa e sedosa.

Essa é uma das raças que pode pesar 4 ou 5 kg, contando que as fêmeas são sempre menores, e a diversidade de cores varia entre marrom avermelhado e canela.

Esses gatinhos são muito ágeis e possuem um comportamento um tanto rebelde, por isso, se prepare: mesmo na idade adulta, as cortinas e sofás da sua casa ainda serão seus inimigos número 1.

Já deu para perceber que os gatos Somali são muito ativos e gostam de saltar, né? Mas essa raça também é dócil, carinhosa e procura sempre estar com seus tutores.

Siamês

Os gatos siameses são muito comuns no Brasil, considerados sociáveis e leais, amam brincar e são muito apegados aos humanos.

Essa raça adora adultos e crianças e também consegue se dar muito bem com outros animais. 

Por gostar de atenção, esses felinos miam constantemente pedindo por afagos. Suas características principais são os olhos azuis e pelagem curta com fios finos, podendo ser marrom, creme, bege, marrom ou branco. Além disso, as extremidades do corpo costumam ser sempre mais marcadas.

Gato Siamês. Saiba tudo sobre gatos. | Foto: Freepik.
Gato Siamês. Saiba tudo sobre gatos. | Foto: Freepik.

Quer conhecer mais 07 raças de gatos? Confira este outro conteúdo do Blog da Ciclic!

Quais os melhores nomes para gatos?

Agora que você já sabe quais são as principais raças, conheça os melhores nomes para dar ao seu felino. É possível nomear seu gato igual aos desenhos animados, filmes ou séries.

Uma das sugestões é Garfield, um dos gatinhos mais famosos, que ama comer e descansar, seu tutor e seu companheiro Odie, um cachorro muito brincalhão. 

Outros felinos famosos de desenhos animados são o Frajola – gatinho preto e branco que adora aprontar – e o Tom, de “Tom e Jerry”, que gosta de correr atrás do rato Jerry. 

Caso se lembre da série adolescente “Sabrina, Aprendiz de Feiticeira” ou tenha assistido recentemente “O Mundo Sombrio de Sabrina”, com certeza conhece o gatinho Salem, que sempre acompanha a personagem nas maiores aventuras e a ajuda sempre que possível.

Já outro gato importante de mencionar é o Pelusa, do filme “Stuart Little”. Esse felino branco, peludo e de olhos azuis, além de se sentir o rei da família, também adora descansar e comer.

Quais os cuidados específicos dos gatos?

Ambiente

Garanta que sua casa esteja segura para o felino. Coloque telas em todas as janelas para evitar fugas e possíveis acidentes. Depois disso, também é importante pensar na caixinha de areia – é indicado ter uma a mais que a quantidade de gatos da casa. 

Lembre-se de fazer do seu lar um local em que o gatinho brinque e se sinta à vontade. Uma boa ideia para isso é instalar prateleiras em lugares altos para que ele possa subir e observar a movimentação da casa lá de cima. Outra alternativa é deixar alguns arranhadores espalhados pela casa.

Alimentação

Os gatos não gostam de comer a ração deixada no potinho o dia todo. Por essa razão, é recomendável oferecer o alimento em pequenas quantidades durante o dia. Uma opção de brincadeira é colocar os petiscos ou ração em garrafas pet e fazer furinhos para que ele brinque enquanto se alimenta.

Escovação

Os felinos precisam ser escovados frequentemente para que não formem nós em sua pelagem, o que não faz bem aos pelos, podendo até perder o brilho.

Por meio dessa escovação diária, também é possível eliminar os pelos mortos e reduzir a probabilidade da formação de bolas de pelo no estômago do pet.

E os filhotes?

Outro ponto importante para entender tudo sobre gatos é saber até quando eles são filhotes: até completarem 1 ano de vida. 

Se você está com um em casa ou prestes a adotar, conheça abaixo algumas dicas para o dia a dia e acessórios essenciais para ter.

É necessário ter alguns objetos com a chegada do gato filhote em casa, como comedouro e bebedouro, caixinha de areia, caixa de transporte, coleira de identificação, escova ou luva para escovação e uma cama, embora os felinos sempre prefiram outros lugares. 

Caso o gatinho esteja com 2 meses de vida e já tenha passado pela fase de desmame, não há problema algum em começar uma alimentação só com ração. Para isso, existem duas opções: a seca e a úmida. 

A ração seca é aquela que possui maior durabilidade enquanto exposta. Os tutores que passam uma parte do dia fora, podem deixá-la no pote do gato sem se preocupar se irá estragar. Já a úmida é aquele sachê, ideal para aumentar a hidratação dos felinos, uma vez que eles não possuem o hábito de beber muita água. 

A dica final é ter um plano de assistência à saúde para cuidar do seu pet em qualquer situação. Consultas, exames, transporte, hotel durante viagem do tutor, aplicação de vacinas e muito mais? Só o novo Saúde Pet da Ciclic oferece esse cuidado completo! Conheça nossos planos e contrate para o seu gatinho.