Blog Ciclic: Dicas e informações sobre seguros e serviços
Viagem para França. | Foto: Unsplash.

Confira o roteiro para você fazer na França!

Sem dúvida alguma, a França é o lugar dos sonhos de muitas pessoas. Por isso, fazer uma viagem para lá é algo que muitos almejam um dia conseguir para sentir de perto toda a magia do país.

Apesar desse desejo, planejar uma viagem para França não é algo tão simples quanto parece. Sendo assim, veja algumas dicas:

Quando ir para a França?

Saber a melhor época do ano é essencial. Dessa forma, você consegue aproveitar ao máximo todos os passeios. Para sua viagem à França, o período mais indicado é entre o fim de junho e o fim de setembro, principalmente se o seu destino for Paris.

Viagem para França. | Foto: Unsplash.

Onde se hospedar?

Na famosa Paris, você pode encontrar vários hotéis e hostels no bairro de Montmartre, que fica aos pés da Basílica do Sacré Coeur. 

Um deles é o renomado Le Village Montmartre, que fica a apenas uma quadra da igreja e da estação de metrô Anvers (linha 2), além de estar cercado por farmácias, lavanderias, lanchonetes e supermercados. Lá, os hóspedes contam com limpeza diária nos quartos e portaria 24 horas.

Também em Montmartre, está o Smart Place Gare du Nord, um hotel/hostel limpo e organizado que fica em um prédio antigo e tradicional parisiense, por isso, não oferece quartos e áreas comuns muito espaçosos.

Porém, apesar do pouco espaço, a hospedagem é muito aconchegante e ainda oferece aos hóspedes uma cozinha comunitária, onde eles podem preparar as refeições e aproveitar para economizar.

Onde visitar?

Quer planejar sua viagem para a França e fugir dos pontos turísticos de sempre? Comece por Nice e Riviera Francesa. E além desses lugares, você também pode se aventurar em Cannes, Éze, Saint-Paul-de-Vence e até mesmo no Principado de Mônaco.

Outro destino que não deve ficar de fora é a encantadora Marselha, a segunda maior cidade do país e também a mais antiga. Uma das vantagens de lá é a sua localização, em frente ao mar Mediterrâneo.

Também há muito o que fazer em Cassis, cidade vizinha de Marselha. Entre as principais atrações, os calanques, praias com águas supercristalinas e cravadas no meio de penhascos cinematográficos, merecem atenção.

Além disso, é possível visitar outros lugares, como o Château d’If, a Basílica Notre Dame de la Garde e também o MUCEM, Museu das Civilizações Europeias e Mediterrânicas.

Planejamento financeiro para a viagem

A primeira coisa que se deve levar em consideração é que não existem custos fixos para uma viagem para a França e depende muito do que você procura e do estilo da viagem. 

Porém, temos uma simulação para você: na baixa temporada, como o mês de março, o gasto médio para um casal passar 10 dias em Paris é de cerca de R$ 15.504,00, enquanto na alta temporada, como o mês de agosto, o custo para esse casal nesse mesmo período é de cerca de R$ 19.280,00.

Como está a situação com a COVID-19?

Uma preocupação comum não só para uma viagem para a França, mas para viagens em geral, é a situação com a COVID-19.

Viagens internacionais para a França já são permitidas, porém, apenas para visitantes vacinados. Existem exceções para os cidadãos não vacinados, residentes do Espaço Econômico Europeu, e para aqueles que precisam viajar por “razões essenciais”, mas é preciso cumprir todos os requisitos para garantir que a sua entrada seja permitida.

Além disso, as isenções ao fechamento da fronteira também estão em vigor por razões essenciais, como as viagens para estudos ou para negócios que não podem ser resolvidos de forma remota.

Todos os viajantes que apresentarem o certificado de vacinação completa internacional e válido são os únicos que não precisam de um motivo essencial para viajar. Fora isso, todos os viajantes também passarão por testes de antígeno sistêmico ou PCR assim que chegarem ao país.

Vale ressaltar que essas isenções também podem ser aplicadas a viajantes que recebem um reforço da vacina após a aplicação de uma dose única e apenas os imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) são aceitos.

E para garantir uma viagem segura para a França, você deve contar com a proteção completa de um seguro viagem, principalmente se ele oferecer uma cobertura complementar para COVID-19. Conheça o Seguro Viagem da Ciclic e fique longe dos imprevistos!