Saiba mais sobre o “Junho Vermelho” e sobre o “Dia Mundial do Doador de Sangue”

O Ministério da Saúde criou em junho de 2015 o “Junho Vermelho” para incentivar e conscientizar a doação de sangue em todo o Brasil. O mês de junho foi escolhido porque é o período que mais possui escassez nos estoques de sangue, além de ter aumento de infecções respiratórias causadas pela mudança de estação.

Em 2005, a OMS (Organização Mundial de Saúde) determinou o dia 14 de junho para ser o Dia Mundial do Doador de Sangue, o dia escolhido foi em homenagem ao aniversário de Karl Landsteiner, o imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre diversos tipos sanguíneos.

O Dia Mundial do Doador de Sangue além de homenagear todos os doadores, tem o intuito de sensibilizar as pessoas que nunca fizeram uma doação de sangue para a importância de um gesto que pode salvar muitas vidas. E também para conscientizar as autoridades sobre a infraestrutura e necessidade de produtos sanguíneos seguros para as transfusões.

Todo ano a OMS cria um tema para a campanha, em 2020 foi “O sangue seguro salva vidas” com o slogan “Doe sangue e torne o mundo um lugar mais saudável”. Esse ano o slogan será “Doe sangue para que o mundo continue pulsando” a fim de reforçar o apelo global para a doação de sangue ao redor do mundo, para que as pessoas tenham acesso a sangue seguro.

O sangue é insubstituível e não pode ser produzido de forma artificial, ele é composto por células que levam oxigênio para o nosso corpo, além de defender o organismo contra infecções e ter participação na coagulação. Uma pessoa adulta possui até 5 litros de sangue no corpo, ao realizar a doação de sangue são coletados até 450 ml, o sangue doado é separado por plasma, hemácias e plaquetas assim beneficiando vários pacientes com uma bolsa de sague.

Como doar sangue?

Em muitos lugares não é necessário agendar horário para doar sangue, basta comparecer ao local desejado durante o horário de atendimento e levar os documentos necessários.

Para realizar a doação de sangue, é necessário cumprir alguns requisitos, como:

  • Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;
  • Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
  • Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
  • Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
  • Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;
  • Não ter diabetes em uso de insulina;

Confira os estoques do banco de sangue na sua cidade pelo link: https://www.doesanguedoevida.com.br/ Doe sangue e salve vidas!

Fonte: https://www.paho.org/sites/default/files/2021-05/WBDD-event%20notice%202021-BRA.pdf, https://www.doesanguedoevida.com.br/