Orientação financeira: invista agora no futuro de seus filhos com a Previdência Privada Ciclic

Por Marketing Ciclic0

Comece a poupar para os estudos das crianças e saiba como incentivá-las a terem uma boa relação com o dinheiro desde pequenas

As crianças crescem tão rápido que, quando você se dá conta, elas já estão terminando o colégio, prontas para entrar na faculdade. Mas e aí? Como será o futuro dos seus filhos? Você já tem uma reserva financeira para eles?

Saiba que nunca é cedo demais para pensar no assunto. Quanto antes você começar a poupar e investir, melhor.

Aliás, criar o hábito de pensar lá na frente e ensinar as crianças sobre isso é uma das maiores lições que você pode deixar para elas.

Um novo estudo da Universidade de Michigan (EUA), feito com 225 crianças, revelou que aos cinco anos de idade elas já demonstram inclinação para serem mais gastonas ou mais econômicas.

Ao que tudo indica, isso é um traço individual da personalidade de cada uma, mas para os cientistas, uma coisa é certa: os pais podem orientar seus filhos desde cedo a refletir sobre o consumo para fazer boas escolhas no campo das finanças.

Os pesquisadores acreditam que é fundamental dedicar atenção à orientação financeira dos filhos porque quanto antes são identificadas tendências ao consumismo exagerado é possível intervir para que as crianças não se tornem adultos endividados no futuro.

Nesse sentido, fazer um investimento para a criança (como a previdência privada da Ciclic!) e deixá-la familiarizada com o assunto pode se transformar em uma excelente aula de economia ao longo da infância.

orientação financeira

 

A seguir, confira outras 5 ideias de especialistas para explicar sobre finanças pessoais para seus filhos desde cedo:

  1. Seja transparente

Muitos pais, na tentativa de sempre querer agradar os filhos, acabam escondendo a real situação financeira da família. Então, quando a criança pede presentes, passeios e brinquedos, seus desejos são atendidos imediatamente.

Isso passa a mensagem de que a família pode comprar tudo a todo momento – e seu filho acaba não aprendendo nada sobre limites e controle de gastos.

Portanto, se sua condição financeira não permite, por exemplo, comprar o tênis da moda para seus filhos, tudo bem.

Não entre em dívidas para satisfazer as vontades das crianças. Saiba dizer "não". Seja realista, converse e explique a situação. As crianças são muito inteligentes e capazes de compreender o assunto.

Veja também - Poupar ou investir: veja as principais diferenças e tire todas as suas dúvidas.

  1. Mostre que é preciso esperar para atingir objetivos

Se a criança quer muito comprar alguma coisa, essa é uma ótima oportunidade para ensinar sobre finanças pessoais. Converse e explique que é possível conseguir o que se deseja mas, para isso, é necessário economizar durante certo período. No mundo dos adultos, é o que chamamos de “fazer um sacrifício”.

Mostre ao seu filho o preço daquilo que ele deseja ter e estabeleça esse valor como meta a ser atingida. A criança pode guardar o dinheiro que recebe (de mesada, por exemplo) em um cofrinho e contar regularmente para ver quanto falta para alcançar o objetivo.

Outra opção é dizer que você pode até dar o brinquedo de presente, mas deve ser em uma ocasião especial (como aniversário ou Natal) e mostre que, até lá, vocês terão que fazer esforços conjuntos para poder poupar o dinheiro.

  1. Ensine a diferença entre QUERER e PRECISAR

Esse é um conceito básico de orientação financeira que mesmo as crianças em idade pré-escolar podem entender. Diante de uma vitrine, ajude a criança a se questionar se ela realmente precisa daquele item desejado ou se ela apenas quer ter o objeto. A reflexão traz consciência sobre o que é necessidade básica e o que é supérfluo.

Confira mais - Décimo terceiro antecipado: qual o melhor destino para esse dinheiro?

  1. Deixe claro que toda escolha tem consequências

Seu filho quer um presente que custa R$ 1.000? Explique para ele, de acordo com a idade, tudo o que poderia ser comprado ou vivenciado com esse dinheiro.

Questione, por exemplo: "você prefere esse único presente ou ir vinte vezes ao cinema ao longo do ano com o mesmo valor?" Ou ainda: "você quer esse presente ou uma final de semana na praia?". Deixe as possibilidades claras e explique que toda decisão traz suas consequências – e não é possível ter tudo.

orientação financeira

Não deixe de ver - Conheça a Ciclic, plataforma financeira de investimentos

  1. Ensine a pesquisar preços

Esse exercício pode ser feito diariamente, na padaria, no supermercado, na farmácia… Se vocês precisam comprar algum item rotineiro para a casa, por exemplo, mostre todas as opções disponíveis na prateleira e peça para seu filho comparar os preços.

Ele começará a entender que há valores bem diferentes para o mesmo tipo de produto e entenderá a importância de pesquisar e da orientação financeira.

Gostou das dicas para as crianças? Que tal você também exercitar sua capacidade de poupar e pensar no futuro? Faça uma simulação e escolha seu plano. Comece agora mesmo a investir na previdência privada da Ciclic!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

veja também outros posts de Finanças pessoais

Vai investir dinheiro pela primeira vez? Confira os primeiros passos!
Finanças pessoais / 1 de novembro de 2018
Vai investir dinheiro pela primeira vez? Confira os primeiros passos!
Sobrou uma grana para investir. Ótimo, parabéns! Só que… você nunca investiu e não faz ideia de como funciona o universo dos investimentos. “Preciso...
Não tenha mais dúvida sobre como fazer para sobrar dinheiro no fim do mês!
Finanças pessoais / 1 de novembro de 2018
Não tenha mais dúvida sobre como fazer para sobrar dinheiro no fim do mês!
Seria sensacional se todos conseguissem sobrar dinheiro no fim do mês. Isso não é fácil, sabemos disso! Encarar essa missão é um desafio para...
Como juntar dinheiro? R$ 200 ao mês por 10 anos = R$ 24 mil para gastar!
Finanças pessoais / 29 de outubro de 2018
Como juntar dinheiro? R$ 200 ao mês por 10 anos = R$ 24 mil para gastar!
Você consegue guardar duas notas de cem reais mensalmente pelos próximos 120 meses? Imagina se tivesse começado a fazer isso em 2008… Quem era...

Veja algumas idéias do que você pode conquistar