Ciclic

Juntar dinheiro para comprar um imóvel – Passos essenciais que vão te ajudar!

Economizar e investir são atitudes que não podem faltar na vida de quem deseja adquirir a casa própria

Juntar dinheiro para comprar um imóvel está no topo da sua lista de prioridades? Se ainda não está, em algum dia estará, afinal, conquistar a casa própria é a realização do sonho de qualquer pessoa.

Porém, esse é um sonho que custa dinheiro – e muito dinheiro! Provavelmente a sua casa será o maior investimento que você fará na vida, sem contar despesas com documentação, melhorias, custo de vida e contas mensais.

É por isso que esse momento é tão significativo!

Embora pareça muito difícil, 68,2% dos brasileiros têm a casa própria e já quitaram todas as suas dívidas.

Para não fazer mais parte dos 17,5% da população do país que ainda vive em moradia alugada, planejar-se para fazer a compra de uma casa é essencial. Descubra como dar esse primeiro e os próximos passos que vão ajudar você a adquirir a casa dos seus sonhos:

Faça investimentos

Financiar mais de 50% do seu imóvel não é uma estratégia recomendada pelos especialistas, pois você pagará muito juros. Portanto, é preciso ter o dinheiro necessário para uma entrada que cubra boa parte da despesa.

Para isso você deve realizou 20 anos, dependendo da etapa em que você está na vida.

Uma boa forma de juntar dinheiro para comprar um imóvel é fazendo um investimento em um plano de previdência privada.

Atualmente, a previdência está rendendo 7% ao ano. Mantida essas perspectivas, se você economizar R$ 500 todos os meses, em 10 anos você terá R$ 85.525, valor considerável para dar uma entrada em um apartamento ou em uma casa modestos.

Se você tiver ainda outras aplicações tão vantajosas quanto essa, melhor ainda, pois você pode somar os capitais e aumentar o valor da entrada. Considere também se vale a pena resgatar o seu FGTS para esse fim.

juntar dinheiro para comprar um imóvel

 

Não deixe de ver – A previdência privada também é um investimento?

Economize – Como juntar dinheiro para comprar um imóvel?

Como falamos antes, ter uma casa sai caro, e de preferência você deve ter uma boa parte do valor para dar a entrada no imóvel. Por isso fazer economias é essencial.

Economias podem ser feitas em praticamente todas as despesas que você possui e, embora seja mais perceptível quando você economiza bastante dinheiro, em longo prazo as pequenas economias cotidianas vão ajudar você a chegar mais perto do seu sonho.

Se você puder, que tal morar com seus pais e usar o transporte público ao invés de pagar aluguel e manter um carro? Esses são grandes gastos que comprometem qualquer orçamento!

Faça também mudanças no seu dia a dia. Levar marmita para o trabalho ao invés de sair para restaurantes, rever os pacotes de internet, celular e TV a cabo e fazer a sua própria faxina podem fazer uma boa diferença no fim do mês.

Além disso, é preciso gastar de forma inteligente, pois isso vai permitir que você economize. Ao invés de uma balada cara no fim de semana, faça uma sessão pipoca em casa. Sai mais barato, pode durar mais tempo e é muito mais íntimo.

Tudo o que você conseguir economizar deve ser investido na previdência privada e em suas demais aplicações, fazendo com que seu capital cresça mais em um prazo mais curto de tempo.

Quite as dívidas

Sair das dívidas é um passo muito importante, pois o valor que você gastaria pagando uma despesa antiga você pode investir e economizar para a casa própria.

A primeira coisa que você deve fazer é não contrair novas dívidas. Com novos hábitos de consumo e tomadas de decisões mais inteligentes, você ficará menos propício a se endividar.

Lembre-se: isso quer dizer que você não deve usar o cartão de crédito e nem crediário. Deixe essas opções apenas para emergências.

Depois, comece a pagar o que você está devendo. Faça uma lista de todas as suas dívidas, incluindo o valor original, a taxa de juros e o total devido, e procure renegociar o pagamento conforme a sua situação financeira.

Quite primeiro as dívidas que têm os juros mais altos, pois elas fazem com que você se endivide cada vez mais. Na sequência, priorize e as que estão prestes a acarretar em consequências, como corte de energia e protestos. Organize-se financeiramente para pagar as demais.

juntar dinheiro para comprar um imóvel

Não deixe de ver – Inteligência financeira: Saiba poupar mesmo ganhando pouco.

 

Pesquise

Há muitas decisões a serem tomadas por quem está em busca do imóvel próprio. A única forma de fazer a escolha certa é com muita pesquisa, e ela tem de começar bem antes da compra.

Uma das decisões que você deve tomar é se o imóvel será novo ou usado. Financeiramente, um imóvel usado custa menos. Porém, é uma sensação indescritível morar em um imóvel novo, moderno e, é claro, mais caro.

Em ambos os casos, é preciso avaliar muito bem as condições da casa, pois muito imóveis são maquiados para a venda com uma bela pintura. Problemas estruturais e infiltrações, por exemplo, podem ser identificados por especialistas e adicionam à compra um gasto que não estava previsto.

Faça consultas com um advogado ou uma imobiliária para conferir se os documentos estão em ordem. Isso é fundamental para evitar dor de cabeça com a burocracia no futuro. Se não estiverem, descubra o valor para regularizar tudo, pois isso pode sair caro.

Além disso, não deixe de refletir sobre a sua necessidade. Se você está começando a carreira, pode ser que em breve se mude para uma cidade nova. Se está prestes a aumentar a família, é melhor já adquirir uma casa que comporte o novo membro. Esse planejamento evitará que o imóvel tenha que ser vendido num curto período.

Veja mais detalhes – Quanto custa ter um filho? Principais custos até 2 anos de idade.

Com essas dicas, você não precisa mais esperar para o seu sonho se tornar realidade. Comece hoje mesmo o seu plano de previdência privada e fique cada vez mais perto da casa própria!

Faça a sua simulação com a Ciclic agora mesmo!

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos