Ciclic

Entenda de vez como é a visão dos cachorros!

Quem tem cachorros em casa sabe o quão especiais eles são. Além de sempre criarem uma atmosfera agradável dentro do lar, são animais superinteligentes e com sentidos aguçados, como a poderosa audição e um olfato de dar inveja. Porém, existe uma coisa que sempre foi cercada por muitas dúvidas e boatos: a visão de cachorro. Você sabe algo sobre isso?

Cachorros são míopes? Podem enxergar no escuro? Enxergam em preto e branco? Quando se trata da visão do cachorro, essas perguntas estão sempre presentes. 

Para garantir uma boa qualidade de vida para o seu pet, é necessário entender ou ter uma noção básica de como eles são. Veja aqui todas as respostas para as suas dúvidas sobre a visão do cachorro da sua casa!

Como é a visão dos cachorros. | Foto: Unsplash.

Qual a diferença entre a visão dos cachorros e das pessoas?

O maior mito sobre a visão do cachorro é que ela só consegue captar as cores preto e branco. Provavelmente, você já ouviu ou até mesmo acreditou nisso, certo? Com o avanço da ciência, atualmente, sabemos que isso é mentira e que eles conseguem enxergar em cores, mas não tão bem como os humanos, mas isso será explicado mais abaixo.

Por mais que eles não enxerguem o mundo como nós, a visão do cachorro não está em desvantagem de forma alguma.

Já se perguntou como eles respondem a estímulos no escuro? Como eles conseguem nos encontrar mesmo quando já é noite e quase não têm luzes ligadas em casa? Isso só acontece por causa de uma estrutura (ou melhor, conjunto de estruturas) chamada bastonetes. 

Os bastonetes são responsáveis por reconhecer luminosidade e, como a visão do cachorro conta com um número muito maior deles do que a humana (cerca de cinco vezes mais), eles conseguem se adaptar muito melhor ao escuro do que nós. Outra coisa que os ajuda a enxergar tão bem nessa condição é a capacidade de dilatação da pupila ser muito maior que a dos humanos.

Vale ressaltar que isso não significa que eles possuem visão noturna, ou seja, não enxergam no completo escuro, mas significa que apenas ¼ de luminosidade é necessária para que eles consigam ver. Então, desde que tenha um pouco de luz, eles dificilmente vão se perder ou bater em alguma parede ou móvel da casa.

Além de poder enxergar melhor no escuro, a visão do cachorro faz outra coisa que a nossa não consegue: ter um campo mais amplo. Segundo estudos, como os cachorros têm olhos mais para a lateral da cabeça, sua visão periférica pode chegar até 250°, enquanto a humana tem um ângulo de apenas 190°. Curioso, não?

Outra diferença entre a visão do cachorro e do humano é o senso de profundidade. A visão binocular deles é comprometida por causa de suas pupilas dilatadas e, apesar de sua extensa visão periférica, o cachorro só consegue enxergar algo com clareza a, no máximo, seis metros de distância, enquanto na visão dos humanos isso acontece até 20 metros de distância.

Quais cores os cachorros enxergam?

Antes disso, precisamos entender que cada espécie enxerga de um jeito. Nós, humanos, podemos ver mais cores que um gato, por exemplo, mas menos que pombas, borboletas e um squilla mantis, um tipo de camarão.

Outros animais nem conseguem enxergar as cores e vivem apenas com a percepção de luminosidade, como as toupeiras. Já as abelhas veem por meio dos raios de luz ultravioleta, os famosos UV, que humanos não são capazes de enxergar.

Tudo isso acontece porque além dos bastonetes, estruturas ligadas à luminosidade que já falamos aqui, existem outras chamadas cones que são responsáveis pela percepção das cores em nossa visão e, quanto mais cones presentes, mais tonalidades enxergamos.

Quer um exemplo? Das espécies citadas acima, os humanos possuem três tipos de cones que percebem três cores diferentes, o famoso termo RGB: red, green e blue que, em português, significa vermelho, verde e azul. Os cachorros, assim como os gatos, contam com dois cones, um camarão squilla mantis possui doze, as pombas têm cinco, as borboletas apresentam quatro, as toupeiras não têm nenhum e as abelhas apenas um.

Em razão disso, dizer que os cachorros enxergam apenas em preto e branco é difundir mais ainda um boato, pois eles conseguem identificar as cores, só não são capazes de diferenciar nuances, devido à falta do verde (apresentam apenas os cones vermelho e azul).

Para compensar essa carência da cor verde, o cérebro dos cães “preenche” as lacunas substituindo pelo cinza. Sendo assim, de forma resumida, é como se todas as tonalidades enxergadas por eles fossem levemente mais escuras.

Isso significa que, na visão do cachorro, aquela bolinha verde que ele tanto brinca ou a grama do parque que frequenta quando vai passear, na verdade, são cinzas, mas isso não quer dizer que ele não se divirta, pois essa ausência de cor não afeta em nada sua vida.

Visão do cachorro. | Foto: Unsplash.

Cuidados com a visão do cachorro

Os cães também podem desenvolver doenças que, quando não tratadas devidamente, podem resultar em cegueira. Alguns exemplos são: glaucoma, catarata, trauma ocular, atrofia na retina, úlceras na córnea e infecções.

Sendo assim, é importante sempre checar a visão do seu cachorro para evitar o sofrimento do animal e conseguir tratamentos efetivos. Para isso, leve seu amigo de quatro patas regularmente ao veterinário e se informe mais sobre o assunto.

Além disso, conheça mais sobre os planos e assistências do novo Saúde Pet aqui!