Ciclic
DicasParaUmaViagemTranquila

Dicas para uma viagem tranquila

Pensando em viajar? Separamos algumas dicas para que nenhum imprevisto aconteça durante a sua viagem.

Destino

Viajar é uma das melhores opções para sair da rotina. O primeiro passo é definir orçamento, quanto tempo você quer ficar fora e o período em que você pretende sair. Depois, defina o destino e pesquise o que fazer, como chegar, qual a melhor época para visitá-lo.
Garanta sua passagem
Depois do destino escolhido é o momento de pesquisar as passagens áreas, existem muitos sites de buscas e comparadores de preço. Com eles, você terá uma ideia melhor de quando comprar.

Veja onde ficar

É muito importante escolher o local onde você deseja se hospedar. Pense na localização – região mais central, local mais badalado, perto dos principais pontos turísticos, onde tem mais transporte público…

Roteiro

Com o destino, os dias e a hospedagem definidos, chegou o momento de pensar na diversão! O que fazer nos dias de folga? O passeio é gastronômico, romântico, aventureiro, … Veja nos principais blogs e guias de viagem o que o local oferece de melhor.

Visto

O visto é uma autorização para a entrada e permanência em um determinado país, que precisa ser solicitado antes da viagem. Para isso é importante consultar o site do consulado e/ou da embaixada do local a ser visitado com antecedência.

Documentos

Não se esqueça dos documentos necessários para embarcar para a sua nova aventura, leve sempre os documentos originais. Nos países que fazem parte do Mercosul, por exemplo, brasileiro pode viajar sem passaporte, apenas com o RG (com menos de 10 anos de emissão).

Malas

As regras de bagagem foram alteradas, então fique esperto para não acabar no saguão do aeroporto sentado na mala! Consulte o tamanho e o que é permitido levar na bagagem de mão (a que vai com você na cabine) e o tamanho e peso da bagagem despachada. O cartão de crédito e a companhia aérea geralmente oferecem algum benefício em relação à bagagem. Confira antes de fazer as malas!

Medicamentos

É importante verificar as regras de fiscalização do país que você pretende viajar. Se o remédio é de uso contínuo ou para doenças crônicas, é recomendado levá-los na bagagem de mão. Se houver algum imprevisto, você não ficará sem os remédios.

Medicamentos líquidos sem prescrição médica devem ser colocados em embalagens plásticas vedada de até 20 x 20cm com até no máximo 100 ml.

Check-in

É o procedimento de confirmação de presença em algum local, seja no transporte, no hotel ou no restaurante. Se for no avião, no trem ou no ônibus, você precisa apresentar seu bilhete de entrada, documentos e reserva para emitir o cartão de embarque.

O check-in é obrigatório em voos domésticos e internacionais e pode ser feito online, nos totens de atendimento espalhados pelos aeroportos ou diretamente no balcão de embarque da companhia aérea.

Seguro viagem

Viajando dentro ou fora do país é essencial que você garanta a sua proteção, seja pelo atraso de um voo ou emergência médica. Para isso, se rolar alguma eventualidade, a contratação do seguro viagem, ele irá te proteger. Para saber mais sobre o nosso seguro viagem, clique aqui.

Outras coisinhas que você deve ficar atento:

Tomadas

Para não ficar sem comunicação, lembre-se de levar o carregador do celular, mas mais que isso, aquela tomada universal, que resolve o problema da bateria, do secador de cabelo, do notebook…

Internet

Ter internet durante a viagem é uma questão de segurança, então veja com a sua operadora se vale a pena fazer um pacote de roaming internacional, comprar um chip local ou ficar apenas com seu aplicativo de mensagens que não custa nada, mas só funciona onde tem wifi. E para garantir que estará conectado o tempo todo, veja as condições de nosso seguro celular, que vale tanto para viagens por aqui, como fora do país, clique aqui e saiba mais.

Dinheiro

Se a viagem for nacional, não se esqueça de verificar se o local tem banco 24h ou aceita cartão de crédito e débito, pois pode ser que seja necessário você levar dinheiro em espécie. Já em viagens internacionais pesquise se compensa trocar a moeda ainda no seu país ou quando chegar ao destino, utilizar um cartão pré-pago também pode ser uma boa ideia. O cartão de crédito tem IOF maior, então é recomendado deixá-lo em últimos casos.

Agora que você já tem todas as dicas, é só aproveitar!

Deixe seu melhor e-mail para receber nossos conteúdos