Blog Ciclic: Dicas e informações sobre seguros e serviços

Aprenda como usar o Telegram!

Você sabe como usar o Telegram? Esse aplicativo de mensagens instantâneas surgiu em 2013, pensado e criado pelos irmãos Nikolai e Pavel Durov.

O app funciona em smartphones com iOS, Android, Windows Phone e Firefox OS. Já na web e no desktop, ele está disponível para macOS, Windows, Linux e no navegador Chrome.

Por isso, atualmente, ele é considerado um dos melhores aplicativos de mensagem do mundo, ficando atrás apenas do WhatsApp.

Para que serve o Telegram? Entenda tudo sobre esse aplicativo de comunicação e como usar o Telegram.| Foto: Pixabay.
Para que serve o Telegram? Entenda tudo sobre esse aplicativo de comunicação e como usar o Telegram. | Foto: Pixabay.

Para entender melhor o que é o Telegram, para que ele serve e, finalmente, qual a diferença entre Telegram e Whatsapp, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

O que é o Telegram?

Antes de saber como usar o Telegram, é preciso compreender o que ele é. Esse app é um programa de envio e recebimento de mensagens instantâneas, em linguagem C++.

A plataforma grátis tem ganhado cada vez mais popularidade nos últimos anos e pode servir como alternativa para os mensageiros do Facebook: Messenger e WhatsApp.

Para que serve o Telegram?

O Telegram pode ser usado para a pessoa se comunicar com seus contatos por meio de diferentes tipos de mídia, como texto, áudio, imagem, vídeo, emojis e stickers. O cadastro na plataforma é feito a partir de um número de telefone e, após a validação, os interessados passam a ter acesso à tela inicial do aplicativo, que mostra sua lista de contatos. 

Na plataforma, é possível criar conversas em grupo com até 200 mil participantes, chats secretos com mensagens que se autodestroem e até mesmo habilitar bots (robôs) para realizar determinadas funções. Além disso, o app também permite enviar arquivos de tamanho ilimitado para outros usuários. 

Essas características básicas fazem com que o Telegram seja concorrente direto de serviços como o WhatsApp. No entanto, o sistema russo traz outras funcionalidades que o destacam e o tornam mais completo em relação ao software americano. 

A principal marca do Telegram é o esquema de segurança oferecido aos usuários. Um exemplo é a criptografia de ponta a ponta no envio e recebimento de mensagens, também aplicada no WhatsApp, capaz de evitar que o conteúdo compartilhado entre os integrantes do chat possa ser interceptado por qualquer pessoa, inclusive, pelos desenvolvedores. 

Outro esforço está no compromisso de não divulgar dados das pessoas a terceiros. No caso do Facebook, detentor do WhatsApp, há ocorrências de vazamento de informações privadas. 

Qual a diferença entre Telegram e WhatsApp?

Após compreender o que é, para que serve e como usar o Telegram, a questão que fica é sobre as diferenças entre esse aplicativo e o WhatsApp.

Apesar das funcionalidades básicas de ambos serem bem parecidas, eles têm divergências importantes. Veja algumas das principais, além das vantagens e desvantagens entre os dois serviços: 

●    Ambos permitem enviar texto, áudio, imagens, vídeos, documentos, emojis, stickers e compartilhar a localização com outros usuários;

●    Enquanto o Telegram se propõe a ser um aplicativo que entrega mensagens com a menor quantidade de bytes possível (mesmo a partir de conexões instáveis), o WhatsApp acumula um histórico de períodos em que o serviço ficou indisponível;

●    No WhatsApp, o usuário fica limitado a enviar arquivos até 100 MB. No concorrente, é possível enviar arquivos de tamanho ilimitado;

●    O acesso ao Telegram via desktop é feito de forma independente da versão móvel. A pessoa precisa logar apenas uma vez com o auxílio do celular e pode continuar conectado, mesmo pelo navegador. Ou seja, a plataforma dispensa ter uma conexão ativa com o dispositivo móvel, como é exigido pelo WhatsApp;

●   As mensagens enviadas no Telegram podem ser editadas pelo usuário e excluídas para todos os contatos da conversa, mostrando versatilidade. No WhatsApp, é possível apagar o conteúdo da mensagem enviada, mas todos os membros da conversa veem que essa ação foi realizada;

●   O Telegram tem um sistema de bots, robôs que podem ser ativados pelo usuário para executar tarefas como acesso à previsão do tempo, busca por imagens e rastreamento de encomendas. O WhatsApp não oferece esse serviço;

●   O armazenamento de arquivos na nuvem é feito pelo próprio Telegram e basta enviar o conteúdo para si mesmo em uma conversa. Essa funcionalidade não existe no WhatsApp, onde é preciso exportar antes de fazer o upload;

●   O WhatsApp sai na frente com mais de 1,5 bilhão de usuários ativos, enquanto o Telegram tem apenas 220 milhões. Dessa forma, a probabilidade de se conectar com a sua lista de contatos é bem maior com o aplicativo do Facebook.

A segurança do Telegram

Agora que você já sabe como usar o Telegram, é preciso conhecer o que a rede possui de vantajoso em relação à segurança. Isso porque não basta apenas um passo a passo simples de como usar o aplicativo, sem saber se suas mensagens e seus dados estarão seguros. 

A proposta dessa rede social é oferecer a comunicação mais segura possível entre os usuários. Por isso, o app utiliza alguns artifícios que podem trazer essa garantia aos interessados: criptografia de ponta a ponta; combinação simétrica AES de 256-bits, RSA 2048-bit; e troca de chaves seguras Diffie-Hellman.

Essas ferramentas, ao serem combinadas, podem entregar a privacidade necessária para quem utiliza a plataforma se sentir confortável no ambiente virtual.

O uso desses recursos, por exemplo, é o que possibilita ao usuário do Telegram criar chats secretos. Com eles, é possível programar a autodestruição de mensagens para os participantes da conversa, além de impedir tirar um print da tela do aplicativo.

Quando a conversa é apagada, ela também desaparece para o outro participante e, poucos segundos depois, o chat é totalmente excluído.

Por falar em segurança, é importante sempre tomar conta do seu aparelho. Sendo assim, conheça o Seguro Celular da Ciclic: cobertura completa e internacional contra roubo, furto qualificado, quebra e danos por líquidos.