Guardar e aplicar dinheiro, qual é a grande diferença? Como eu posso decidir?

Por Marketing Ciclic0

Você realmente sabe o que muda de um para o outro? Confira aqui!

A gente sempre escuta a mesma história de todo mundo: é importante guardar pelo menos uma parte da sua renda para os momentos difíceis. Não está errada a informação, mas a questão aqui é outra. Todo mundo fala em guardar dinheiro, mas poucas pessoas falam sobre aplicar dinheiro. Você sabe diferenciar um do outro?

Guardar dinheiro nada mais é do que um sinônimo de economizar. Isso quer dizer deixar de gastar com algo e poupar. Acima de tudo, para conseguir economizar, você precisa gastar menos do que se ganha. Já investir, aplicar, é uma tentativa de rentabilizar os recursos que você poupou ou que tem.

Consegue perceber a diferença? Investir, no entanto, só vai ser possível em alguns casos com o ato de guardar. Acumular patrimônio (mínimo que seja) só é possível a partir do hábito de guardar e de aplicar dinheiro.

aplicar dinheiro

Não deixe de ver - Como juntar dinheiro? R$ 200 ao mês por 10 anos = R$ 24 mil para gastar!

Como guardar dinheiro e como começar a investir?

Você deve ficar atento com o hábito de guardar, porque isso pode significar que você está perdendo seu dinheiro. Isso mesmo, porque se ele está guardado em uma aplicação que não renda nem o mínimo do valor da inflação, quer dizer que não vale a pena mantê-lo guardado dessa forma: o seu dinheiro está desvalorizando.

Para que você consiga visualizar bem a situação, vamos te dar um exemplo bem simples. Digamos que você guardou R$ 500,00 num cofre dentro de casa e prometeu pra si mesmo que não mexeria naquele dinheiro por nada. Um ano depois, você lembrou daquele dinheiro guardado e abriu o cofre.

O que você encontra quando abre o seu cofre? Talvez seja óbvio para você que a resposta seja R$ 500,00, mas de um ano para o outro, o poder de compra do nosso dinheiro muda. Por que? Porque o poder de compra é diretamente influenciado pela inflação.

Então, não, você não encontra R$ 500,00 reais quando reabre o seu cofre depois de um ano, e sim essa quantia menos a inflação daquele período em que ele ficou guardado. Ou seja, o que o seu dinheiro deixou de render o mínimo possível para continuar com o mesmo poder de compra.

É nisso que você deve prestar atenção ao guardar dinheiro, em preservar o poder de compra dele. Por isso mesmo que, em alguns casos, a poupança, apesar de ser vista como um investimento seguro, pode ser um tiro no pé.

Você acha que está rendendo o seu dinheiro, pelo menos sem correr riscos, mas quando a inflação do país está muito alta, esse tipo de aplicação perde em rentabilidade para ela. Como você já viu anteriormente, isso quer dizer que o seu dinheiro desvaloriza.

Para poupar mais, é importante que você entenda sobre a sua situação financeira e tente adequar seus padrões de consumo a isso. Quando você conseguir ter os hábitos necessários para guardar dinheiro, siga para o próximo passo.  O que você precisa saber para ser um investidor?

Primeiro de tudo, é necessário que você se faça algumas perguntas e as responda da forma mais sincera possível: quais são os seus reais objetivos? Por que você quer ter esse dinheiro? Isso é necessário porque vai te impulsionar a continuar na linha para conseguir atingir aquela meta.

Se você começa a guardar dinheiro e investir sem nenhum propósito, na primeira oportunidade que tiver você vai colocar todo esse esforço a perder e pode gastar tudo o que já conseguiu. Logo depois você deve entender qual é o seu perfil de investidor.

Existem três tipos de investidores, que são o conservador, o moderado e o agressivo:

  • Conservador: prioriza a preservação dos seus recursos, ou seja, não assume riscos que possam comprometer seu patrimônio, ainda que a rentabilidade seja abaixo da média.
  • Moderado: assume riscos um pouco maiores em prol da rentabilidade superior à média do mercado, mas também dá importância à segurança de suas aplicações. Investe de forma equilibrada e em ativos variados.
  • Agressivo: assume riscos altos visando a maior rentabilidade possível. Entende que a oscilação diária dos mercados é suavizada no médio e no longo prazos, quando o mercado apresenta maior estabilidade.

Leia mais: Segurança X investimento agressivo: dá para ter as duas coisas e ainda lucrar?

Vale lembrar que, mesmo o investidor moderado e o agressivo podem ter na sua carteira de investimentos aplicações conservadoras.

Afinal de contas, a melhor maneira de equilibrar o seu mapa de aplicações é manter sua atividade bem variada, com riscos que te tragam rentabilidade e melhorem a sua liquidez, e apostas que te tragam mais segurança a longo prazo.

Muita gente escolhe, por exemplo, investir na previdência privada. Na Ciclic, o seu dinheiro rende mais do que na poupança e você ainda fica livre da taxa de carregamento. Pode começar a investir a partir de R$ 1 e fazer simulações de quanto pode contribuir por mês e como vai realizar os seus saques.

aplicar dinheiro

Uma vez que você souber qual o seu tipo de modalidade, está na hora de encontrar a sua estratégia para conseguir alcançar seus objetivos. A partir daí, é hora de você procurar uma boa corretora para começar a ter assessoria na área de investimentos e também estudar sobre o mercado financeiro.

Por mais que você seja instruído por profissionais, é muito importante que você tenha noção do que está fazendo. Lembre-se, o dinheiro investido é seu e você deve ter total responsabilidade ao escolher fazer o seu dinheiro trabalhar por você.

E aí, entendeu direitinho a diferença entre guardar e aplicar dinheiro para o seu bem financeiro? Conta para a gente como você faz para conseguir ir bem nos dois.

Complemente sua leitura: Se eu parar de aplicar o dinheiro que já investi ele continuará rendendo?

Faça sua simulação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

veja também outros posts de Finanças pessoais

Vai investir dinheiro pela primeira vez? Confira os primeiros passos!
Finanças pessoais / 1 de novembro de 2018
Vai investir dinheiro pela primeira vez? Confira os primeiros passos!
Sobrou uma grana para investir. Ótimo, parabéns! Só que… você nunca investiu e não faz ideia de como funciona o universo dos investimentos. “Preciso...
Não tenha mais dúvida sobre como fazer para sobrar dinheiro no fim do mês!
Finanças pessoais / 1 de novembro de 2018
Não tenha mais dúvida sobre como fazer para sobrar dinheiro no fim do mês!
Seria sensacional se todos conseguissem sobrar dinheiro no fim do mês. Isso não é fácil, sabemos disso! Encarar essa missão é um desafio para...
Como juntar dinheiro? R$ 200 ao mês por 10 anos = R$ 24 mil para gastar!
Finanças pessoais / 29 de outubro de 2018
Como juntar dinheiro? R$ 200 ao mês por 10 anos = R$ 24 mil para gastar!
Você consegue guardar duas notas de cem reais mensalmente pelos próximos 120 meses? Imagina se tivesse começado a fazer isso em 2008… Quem era...

Veja algumas idéias do que você pode conquistar